Startup sorocabana de máscaras busca parceiros para ações sociais

Iniciativa já beneficiou instituições com doações de mais de 450 máscaras de tecido

06/07/2020
mascara de tecido
Foto: Ilustrativa | Pixabay
Texto de Carol Fernandes

Fundada no início do período de isolamento social pela Covid-19, a startup sorocabana de máscaras ComVida está em busca de parceiros para continuar atendendo ações sociais. Até o momento, a startup já fabricou mais de 450 máscaras para doações.

De acordo com Paulo Christiano, da ComVida, são aceitos todos os tipos de ajuda neste momento. “Qualquer apoio é bem-vindo. Seja com novas ideias, parcerias ou mesmo um ponto de venda de máscaras que gere recursos para abastecer os assistidos”, afirmou.

A ComVida produz equipamentos de proteção individual (EPI) a baixo custo, com a proposta de evitar o uso de máscaras descartáveis. São produzidas máscaras faciais em tecidos, de três camadas e tamanhos personalizados.

A primeira instituição beneficiada pela ComVida foi o Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil (GPACI), que recebeu cerca de 250 máscaras infantis para os pacientes do hospital. A confecção foi feita com o apoio das empresas Adimax e Dental Pássaro.

Além disso, a startup fez doações de mais de 100 máscaras ao Banco de Sangue de Sorocaba. Também foram doadas outras 100 máscaras a pessoas de baixa renda em Sorocaba e Itapetininga.

A ideia da startup surgiu como uma alternativa para um grupo de costureiras que, com a pandemia do coronavírus, perderam contratos de trabalho. Dessa forma, além de apoiar as ações sociais, os parceiros da ComVida ajudam na geração de renda dos trabalhadores envolvidos.

Os interessados em colaborar com a ComVida devem entrar em contato pelo WhatsApp (15) 98136-7438 ou pela página da startup no Facebook.

ir para o topo

Enviar