A importância das mulheres na tecnologia

15/09/2020
Conteúdo oferecido por Facens

Assim como em muitas outas profissões, as mulheres estão conquistando espaços nas áreas do STEM (Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática, majoritariamente ocupadas por homens) e abrindo caminho para as futuras gerações.

Temos diversos exemplos de mulheres que fizeram parte de grandes projetos e marcaram a história com suas descobertas nessas áreas, como Margaret Hamilton, Annie Easley e Mary W. Jackson.

Atualmente, elas estão sendo exploradas pelas mulheres com mais frequência, reforçando o ideal de que o lugar da mulher é onde ela quiser, inclusive na tecnologia. Porém, estamos longe de um cenário de igualdade.

De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio do IBGE, de 2019, apenas 20% dos profissionais que atuam no mercado de tecnologia são mulheres. A explicação para um número tão pequeno se dá quando percebemos que mulheres não possuem oportunidades nesse mercado, apesar de possuírem alta qualificação.

Mas, por que isso acontece? Segundo Maria Klawe, presidente do Harvey Mudd College – uma das maiores faculdades de Ciência Engenharia Residencial – existem três motivos para os quais as mulheres não estão presentes no mercado de tecnologia: falta de interesse, incentivo e desconforto no ambiente de trabalho.

Percebemos então que as coisas precisam mudar e que isso tem a ver mais com uma situação estrutural e cultural da sociedade. Desde pequenas, meninas são incentivadas a brincar de casinha e bonecas, enquanto os meninos são apresentados aos videogames e computadores. Quando essa realidade muda, toda uma jornada também se transforma.

Em uma sociedade cada vez mais tecnológica, formar meninas que se interessem pelas áreas STEM e inseri-las nesse contexto é fundamental para que o mercado e trabalho alcance a igualdade de gênero e proporcione mais oportunidades as mulheres. No ambiente educacional, quando uma garota manifesta o interesse pela área STEM, ela precisa ser incentivada, motivada e a Instituição deve trabalhar para que ela conquiste seu sonho e se sinta confortável ali.

Apesar de termos estatísticas muito tímidas, a presença da mulher em ambientes STEM é um fenômeno irreversível, levando em conta o mundo cada vez mais tecnológico que vivemos. Cada vez mais mulheres estão se capacitando nas áreas STEM e possuem capacidade para liderarem projetos, inovar processos e desenvolver novas tecnologias.

A Facens abre as portas para que milhares de garotas realizem os seus sonhos e desenvolvam novas tecnologias para revolucionar o mercado. A história de Heloisa Stevanim está aqui para provar isso.

A presença da mulher na tecnologia se faz necessária nos tempos que vivemos. A mudança é gradual e exige incentivos de todos os lados. Mas, quando começamos pela educação, com certeza o caminho será de sucesso e faremos a mudança que queremos ver. Vamos juntas!


ir para o topo

Enviar