05/09
2020

“Ideias” – Série com Debates Online

EVENTO ENCERRADO

Foto: Ilustrativa | Foto por PhotoMIX-Company no Pixabay
  • Disponível por aplicativo

Com o objetivo de incentivar a reflexão no contexto desafiador em que nos encontramos, a série Ideias, promovida pelo Sesc São Paulo por intermédio de seu Centro de Pesquisa e Formação (CPF), traz a transmissão ao vivo de debates sobre as principais questões que tencionam a agenda sociocultural e educativa atual.Sempre às 16h, as conferências acontecem pelo canal do YouTube do Sesc São Paulo, com participação do público e tradução simultânea para a Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Programação

1/9, terça-feira
Repensando acessos: Acervos públicos de arte e mediações possíveis

Os acervos públicos são, para além de repositórios da produção humana nas mais diversas expressões artísticas, espaços pensados para a exposição, mediação e democratização do acesso a públicos diversos. Desde amplas instituições que congregam acervos múltiplos, até casas, museus, pinacotecas e arquivos que conservam obras de arte regionais ou com recortes específicos, os acervos pautam-se não apenas pela preservação e manutenção, mas também e essencialmente pela difusão destes saberes. No atual momento, os acervos e espaços públicos precisam se reinventar para atuar em uma realidade que impõe o distanciamento físico e a restrição de circulação, bem como em ocupar o vasto ambiente virtual.

Este encontro trata sobre as ações propositivas dos espaços culturais para viabilizar este acesso qualificado para seus públicos, bem como as formas de se repensar esta oferta e acesso e como elas ressignificam os processos curatoriais e impactam os meios de fruir a experiência estética.

Participantes:

Solange Ferraz de Lima – historiadora, docente da Universidade de São Paulo, no Museu Paulista (Museu do Ipiranga). Sua produção acadêmica resulta da pesquisa e curadoria de acervos visuais. Foi diretora do Museu do Ipiranga entre 2016 e 2020.

Tadeu Chiarelli – Prof. Titular USP. Prof. Sênior junto ao Programa de Pós-Graduação da ECA/USP. Coordenador do Grupo de Estudos Arte&Fotografia ECA/USP. Curador-chefe do Museu de Arte Moderna de São Paulo (1996-2000). Diretor do Museu de Arte Contemporânea da USP (215-2017). Publicou livros sobre história da crítica de arte no Brasil e sobre artistas brasileiros. Responsável pela coluna Conversa de Bar(r) no site da revista Arte!Brasileiros.

Mediação:

Juliana Braga – Gerente da Gerência de Artes Visuais e Tecnologia do Sesc São Paulo. Possui graduação em História e especialização em Museologia, ambas pela USP, e mestrado em Políticas Públicas pela FGV/SP.

Apresentação:

Sabrina da Paixão – historiadora e mestra em Educação (FEUSP). Pesquisadora do Centro de Pesquisa e Formação do Sesc São Paulo.

 

3/9, quinta-feira

Cabra da peste: os sertões e as epidemias na medicina e na literatura

Um alemão estudioso da literatura brasileira busca nesse universo a representação da doença (ou da “peste”), enquanto um médico pernambucano, preceptor em arteterapia e saúde coletiva, reflete sobre as complexidades e perplexidades de um evento que não é “apenas” sanitário.

Esta mesa compõe o projeto: “PANDEMIA: PASSADO, PRESENTE, FUTURO”, propondo diálogos entre áreas do conhecimento que parecem distantes nas discussões sobre a pandemia de covid-19 – as ciências da saúde, as humanidades, as artes e os saberes tradicionais.

Estas ações serão compostas por especialistas, possibilitando uma conversa entre profissionais da saúde e escritores(as), estudiosos(as) da língua ou da literatura, religiosos(as) e artistas plásticos(as), sobre os cenários passados e presentes e as perspectivas quanto às mudanças impostas por surtos epidemiológicos como esse que está em curso, com características particularmente agudas no Brasil. Mais que simples diagnóstico da situação, trata-se de refletir, sob pontos de vista diferentes, e sem perder a referência do passado, sobre um futuro próximo cada vez mais incerto, partindo do multifacetado acervo cultural e científico brasileiro.

Participantes:

Willi Bolle – doutor em letras pela Universidade de Bochum (Alemanha), é professor do Departamento de Letras Modernas da USP e autor de Boca do Amazonas: sociedade e cultura em Dalcídio Jurandir.

Wilson Freire – graduado em medicina pela UFPE e pós-graduado pela Universidade de Münster (Alemanha), é médico do Hospital Universitário Oswaldo Cruz, em Recife.

Mediação:

Joaci Furtado – professor do Departamento de Ciência da Informação da UFF.

Apresentação:

Jair de Souza Moreira Júnior – pesquisador do Centro de Pesquisa e Formação do Sesc SP.

 

4/9, sexta-feira

Cena Inquieta

Bate-papo sobre o atual contexto do teatro autoral, teatro político, teatro negro e LGBT, grupos periféricos e demais temáticas abordadas em “Cena Inquieta”, série de 26 episódios, com produção do SescTV, que estreou em julho em 2020.

Participantes:

Toni Venturi – diretor da série “Cena Inquieta”.

Naruna Costa – atriz e diretora do Grupo Clariô.

Ronaldo Serruya – ator e dramaturgo.

Mediação:

Silvana Garcia – professora da EAD/ECA/USP, diretora de teatro e curadora da série “Cena Inquieta”.

Apresentação:

Silvia Garcia – técnica do SescTV, crítica literária e mestre em Dramaturgia.

 

5/9, sábado

Revista Mais 60 em pauta – Familismo e idosos que moram sozinhos em tempos de pandemia

Encontro que discute o familismo e suas repercussões nas relações conjugais e familiares de idosos. Faz referência aos dois artigos principais da edição 77 da Revista Mais 60 do Sesc São Paulo, que trouxe como destaque da edição, o artigo apresentado pela professora Deusivania Falcão que trata desse assunto.

O segundo artigo, elaborado pelas professoras Marisa Accioly e Yeda Duarte, abordou os conceitos de rede de suporte social, sua interface com a idade e de que forma ela pode afetar a vida das pessoas para acolher as demandas dos idosos que vivem sós.

Participantes:

Deusivania Vieira da Silva Falcão – professora associada da Universidade de São Paulo (USP) na Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH). Fez pós-doutorado na University of Central Florida (UCF/EUA), doutora em psicologia pela Universidade de Brasília (UnB) e mestra pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

Marisa Accioly – graduada em Serviço Social, doutora em saúde pública pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP), especialista em gerontologia pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG) e professora-doutora do curso gerontologia no bacharelado e na pós-graduação da Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH) da USP.

Yeda Aparecida de Oliveira Duarte – graduada em enfermagem, doutora em enfermagem pela Escola de Enfermagem da USP, especialista em gerontologia pela SBGG, professora associada da USP, docente da Escola de Enfermagem e da Faculdade de Saúde Pública da USP, coordenadora do estudo Sabe (Saúde, Bem-Estar e Envelhecimento) e coordenadora do Núcleo de Apoio à Pesquisa Sabe.

Apresentação e mediação:

Juliana Viana – animadora cultural do Sesc Vila Mariana.

EVENTO ENCERRADO

YouTube - Transmissão online

Evento encerrado

ir para o topo

Enviar