menu search

Cultura“Omen To Battle”, disco de estreia da banda votorantinense Dream Wild, já disponível

Foto: Susi Bomb
Atualizado em às

A Dream Wild é, definitivamente, uma banda cult. Formado em 1995 na cidade de Votorantim, o grupo sempre foi muito querido pelos headbangers (fãs de heavy metal e suas variantes).Os shows sempre foram caracterizados pela quantidade e diversidade do público. Fãs de todos os estilos do metal sempre se uniam em frente ao palco para levantar seus punhos cerrados e curtir o heavy metal tradicional do Dream Wild.

E foram tantos shows nesses 25 anos! Savatage, Angra, Salário Mínimo, Dark Avenger, Wizards, Circa (com membros do Yes), André Matos, Torture Squad, Hellish War, Portrait, foram algumas entre tantas outras bandas com as quais o Dream Wild já dividiu o palco.

E por sempre priorizar os palcos, o Dream Wild frequentou pouco os estúdios, embora sem prejuízo ao processo criativo, que sempre se manteve ativo. Os setlists dos shows do Dream Wild raramente incluíam covers e a banda até coleciona músicas que são consideradas clássicas: “Metal Warriors”, “Breaking Heads”, “Time Of Confusion”, são algumas delas.

Mas eis que depois de 25 anos e de algumas demos, EPs e singles, o Dream Wild lança aquele que é considerado seu álbum de estreia, “Omen To Battle”.

“Omen To Battle” foi gravado no Estúdio 8 em Tatuí/SP, com o produtor Iago Pedroso e reúne nove faixas: “Omen To Battle”, “Battlefield”, “Pass Over The Opressor”, “Revelation”, “Headbangers”, “Reality Overdose”, “Receptors”, “The Walls Of Eternity” e “Heroes Of Life”.

“Omen To Battle” conta com três participações mais do que especiais: Andre Tulipano, vocalista e guitarrista da consagrada Steel Warrior, participa nos vocais da música “Revelation”. O grande vocalista Leandro Caçoilo, do Viper, faz uma participação especial na música “Receptors”. Por fim, Joe Moghrabi, grande compositor e guitarrista brasileiro, participa na música “Headbangers”.

A capa de “Omen To Battle” foi desenvolvida pelo renomado designer João Duarte (Metal Church, Angra) e, de acordo com o vocalista Marcio Rodrigues, reflete o conceito do título do álbum, letras e músicas.

As dificuldades que enfrentamos hoje em dia ainda são as mesmas que nossos antepassados vivenciaram através dos tempos, tais como conflitos e batalhas – tanto internos quanto externos. As épocas diferentes na mesma arte mostram o ciclo interminável e vicioso da humanidade em torno da violência. As pequenas irmãs, de vermelho, simbolizam laços que transcendem o tempo e representam a essência da magia frente ao caos.

“Omen To Battle” foi lançado em todas as plataformas digitais e também em CD físico pelo selo Som do Darma. O CD está à venda nas principais lojas especializadas do Brasil.

Para ouvir “Omen To Battle” nas plataformas digitais, acesse:
Spotify: https://spoti.fi/4anolbA
Deezer: https://bit.ly/48cz1rD
Amazon: https://bit.ly/3R8HXHw
Youtube: https://bit.ly/3t1MDXQ

Além de Marcio Rodrigues, o Dream Wild é formado pelos membros fundadores da banda, os guitarristas Ilde Carvalho e Marcos Santos, além do baterista Daniel Mestre e o baixista Andrew Albuquerque.

Mais Informações:
www.facebook.com/dreamwildband
www.instagram.com/dreamwildband
www.youtube.com/dreamwild4410

Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments