MACS recebe a primeira apresentação individual do artista francês Pascal Dombis no Brasil

Cultura
29/03/2022
Foto: Divulgação

No próximo sábado (02), a partir das 10h, o Museu de Arte Contemporânea de Sorocaba (MACS) abre as portas para a sua nova exposição: “POST DIGITAL”, do artista francês Pascal Dombis, que vai apresentar 26 obras – entre elas uma instalação – de um trabalho multifacetado e crítico, que fala sobre a noção universal de tempo pelo uso de fluxos digitais como matéria-prima.

“Estamos muito felizes em como as peças desta exposição, que tem curadoria de Franck James Marlot, brincam com o espaço do MACS, criando equilíbrio e diálogo, especialmente tentamos produzir ritmo entre a cor e as peças em preto e branco”, explica o artista, que para a sua primeira apresentação individual no Brasil, reuniu um grande corpo de obras produzidas nos últimos vinte anos. Dentro dessa viagem única, alguns grandes formatos de obras apresentadas prometem uma experiência imersiva ao visitante.


▾ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▾

“Estamos alegres em receber essa exposição, que tem um cunho tecnológico, em uma cidade como Sorocaba, que tem um importante Parque Tecnológico, centros de pesquisa, a vocação na formação de startups atuantes e uma universidade, como a Facens, totalmente ligada à tecnologia. Queremos proporcionar a todas as pessoas ligadas a este meio, ou não, a vivência que esta exposição oferece, em conhecer mais sobre arte e tecnologia”, explica Silvia Stecca, presidente do MACS, convidando para a mostra, que tem entrada gratuita e segue até junho em Sorocaba.

Famoso por criar formas visuais imprevisíveis e dinâmicas que exploram as complexidades dos paradoxos visuais por meio do uso de processos tecnológicos “excessivos”, ao longo de sua carreira, Dombis vem utilizando computadores e algoritmos para gerar repetições elaboradas de processos simples, que reproduzem, de forma computacional, sinais geométricos ou tipográficos. Essas estruturas de desestruturação e ambientes irracionais perturbam, engajam e inspiram o espectador, apresentando paradoxos fascinantes entre o controle mecânico e a aleatoriedade caótica que os produz.

“Nosso tempo está inevitavelmente associado à velocidade. Velocidade de fluxos de informações e multiplicação de imagens, que a ferramenta digital associada à inteligência artificial amplificou desde a última década. Originalmente uma ferramenta de conhecimento, a Internet e seus navegadores dotados do dom da onipresença são hoje bases de propaganda a serviço de uma economia e de pensamentos globalizados. As informações se misturam com fake news, o sublime, o lixo das imagens, associado a algoritmos, que rastreiam o internauta por um controle orwelliano do indivíduo”, completa Marlot, o curador da mostra.

Para a produtora cultural e vice-presidente do MACS, Luli Hunt, é uma alegria para o museu receber uma exposição inédita no Brasil de um artista internacional tão importante como Dombis. “Estamos muito felizes em ter a honra de apresentar as obras desta artista em nossa instituição”, contou.

Pascal Dombis formou-se em engenharia pela Universidade de Insa em Lyon, França, antes de optar por seguir uma carreira artística. Sua decisão o levou à Tufts University, onde completou uma série de aulas de arte computação em 1987. Em 1988, Pascal Dombis realizou sua primeira exposição no exterior, nos Estados Unidos. Desde então, o artista está ganhando cada vez mais reconhecimento mundial. Suas exposições individuais ao redor do mundo incluem Claudio Bottello Contemporary na Itália, RAYGUN Art Projects na Austrália e também Musée en Herbe na França. O artista participou de várias exposições coletivas ao redor do mundo, em diversas instituições, entre elas no Kunstpalast Museum, Dinamarca, Velchev Art Museum na Bulgária, The Page Gallery na Coréia do Sul e Universidade da Geórgia nos EUA. Notavelmente, Dombis foi contratado para criar obras públicas monumentais para a cidade de Perth, Austrália e no Ministério da Cultura na França. O artista atualmente vive e trabalha em Paris .

Serviço

“POST DIGITAL”

Abertura: 02/04 – das 10h às 15h.
Visitação: de 03/04 a 19/06.
Quarta a sexta-feira: das 14h às 19:00, sábados, domingos e feriados, das 10h às 14h.
Agendamento de grupos, escolas e horários especiais via email : educativo@macs.org.br.

Outras informações: (15) 3233.1692.

A entrada é gratuita.

post convite final


ir para o topo

Enviar