Laura Mello de Mattos inaugura no MACS exposição ‘Reflexões públicas e privadas’

Notícias
11/05/2021
Foto: Divulgação/Laura Mello de Mattos

A artista Laura Mello de Mattos inaugura a exposição “Reflexões públicas e privadas” nesta terça-feira (11/05), às 18h30, no Museu de Arte Contemporânea de Sorocaba (MACS). O trabalho é resultado do desenvolvimento de sua pesquisa durante todo o ano de 2020 e início de 2021.

A exposição conta com 23 pinturas à óleo sobre tela, usando os objetos dos banheiros públicos e privados, com propriedades reflexivas que projetem em sua superfície. As obras reúnem “selfies” da artista como metáforas para uma reflexão sobre a banalização dessas imagens privativas, que se tornam públicas nos meios virtuais.

Laura Mello de Mattos foi contemplada com o Prêmio ProAC LAB-Expresso 2020, na categoria Histórico de Realizações em Artes Visuais. A iniciativa é realizada pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e  Governo Federal.

Penso que o artista sorocabano pode desmitificar o  acesso a programas de relevância como esse e, dessa maneira, apropriar-se  do processo. O projeto é uma oportunidade para estimular a participação de artistas do interior, colocando-nos em um mapa de produção profissionalizada”, pontua.

O projeto contou com a participação de Marta Silva e Jéssica Alves, como produtoras executivas; Allan Yzumizawa, como curador; Moreno  Mota, como designer das concepções visuais para divulgação; Silvana Sarti  com a audiodescrição e monitoria; e Lucas Kohler na produção de fotos e vídeo para visitação online.

Durante as visitas presenciais, que serão controladas por agendamentos antecipados pelo público através de um link de acesso, a artista convida o público a interagir com seus trabalhos e com imagens que poderão ser produzidas pelos visitantes presenciais e virtuais que se engajem com o projeto.

Podendo ser compartilhadas através das páginas no Instagram que possuem as hashtags: #reflexoespublicaseprivadas e #macsmuseu. Essas imagens coletadas pela página do Instagram serão projetadas na sala expositiva.

A exposição também disponibilizou QrCodes, com audiodescrições da arte educadora Silvana Sarti sobre obras realizadas pela artista, para atender os deficientes visuais que visitarem o museu.

Para visitar a exposição “Reflexões públicas e privadas”, os interessados devem marcar presença via Sympla. Os agendamentos podem ser realizados às terças-feiras, das 18h30 às 19h30, e aos sábados, das 10h30 às 11h30, com a presença de monitor e conversas pré agendadas entre artista e curador. É obrigatório o uso de máscara.

O número é limitado em 10 pessoas por sessão. A entrada é gratuita.


ir para o topo

Enviar