Webséries são opções para assistir no YouTube

Lista reúne 8 produções brasileiras que estão disponíveis na plataforma

Listas
08/04/2020
Foto: Divulgação | Septo
Texto de Carol Fernandes

Muito além das superproduções disponíveis nos serviços de streaming, as webséries têm conquistado espaço na internet como opções para assistir no YouTube. Disponibilizadas de forma gratuita, essas produções são independentes (em sua maioria), e utilizam recursos mais simples.

Separamos oito webséries brasileiras para acompanhar pelo YouTube. A lista inclui produções de gêneros como comédia, ficção científica e drama. Confira:

1. Girls In The House

Uma das produções independentes mais famosas do Brasil, Girls in the House é uma websérie de comédia dramática e mistério. É feita através do jogo The Sims pelo youtuber Raony Phillips. Nela, as amigas Honey, Duny e Alex administram uma pensão e vivem as maiores loucuras.

Produzida desde 2014, Girls in the House já conta com mais de 30 episódios disponíveis no YouTube. A quinta temporada da série tem lançamento previsto para maio deste ano.

 

2. Septo

Também produzida de forma independente, Septo é a primeira websérie de ficção gravada inteiramente na capital do Rio Grande do Norte, em Natal. A terceira temporada foi lançada recentemente, em março deste ano.

Na trama, Jéssica (Alice Carvalho) é uma triatleta recordista que tem uma vida regrada e controlada pelo pai. Um encontro com a professora de surf Lua (Anna Zêpa) fará com que ela repense a forma como leva a vida, com abdicação dos desejos próprios e felicidade artificial programada.

3. Décimo Andar

Dos mesmos produtores do programa Choque de Cultura, Décimo Andar é uma série de comédia com 13 episódios. No início foi exibida pelo Canal Brasil, mas desde 2018 passou a ser publicada pela TV Quase em seu canal do YouTube.

A série apresenta o cotidiano de seis funcionários em uma grande e burocrática empresa, retratando de forma cômica situações absurdas que se aproximam do universo empresarial. O elenco é formado por Willie (Daniel Furlan), Jorginho (Caito Mainier), Rodney (Juliano Enrico), Paulo (Paulo Oliveira), Marquinhos (Raul Chequer) e Meg Torres (Bianca Fero).

4. Dona Sheila

Comédia que lembra “Minha Mãe é uma Peça”, Dona Sheila é uma das produções independentes feitas pelo Canal Demais. A websérie já recebeu indicações na Rio Webfest e no Apulia Webfest.

A ficção apresenta Dona Sheila (Guilherme Carvalho), mãe e faxineira com uma personalidade forte e um coração enorme. De forma leve e descontraída, a trama retrata o cenário atual das famílias de classe média baixa no país.

5. Copan

Lançada em 2015, Copan é uma websérie LBGT descontraída sobre 5 amigos que estão aprendendo como é morar sozinho, pagar as contas, se apaixonar pela pessoa errada, se aceitar e se descobrir.

O elenco é formado por Paula (Priscila Carla), Bianca (Natália Nobeschi), Maria (Renata Becker), Juliano (Gabriel Lippe) e Gustavo (André Magalhães).

6. 2099

Recentemente lançada, a websérie 2099 é uma produção independente do gênero cyberpunk. São 5 episódios que se passam em um futuro distópico no ano de 2099.

Na trama, o hacker Jonathan Miller ganha a vida como o assassino Ronin dentro de um sistema de realidade virtual. Mas no mundo real, a Detetive Emily Williams precisa da sua ajuda para encontrar um serial killer.

7. Esconderijo

Outra produção independente, Esconderijo é um websérie LGBT lançada em 2017. Atualmente com três temporadas, é uma história sobre mulheres, despedidas e reencontros.

A ficção acontece oito anos após o fim do relacionamento e sem nenhum tipo de contato das personagens Malu (Mirela Pizani) e Raquel (Tatiana Fernandes). A linha tênue entre passado e presente confundem as protagonistas sobre o que se entende em relação aos sentimentos.

8. Marotos: Uma História

Produção independente e sem fins lucrativos, a websérie Marotos: Uma História se propõe a contar o que aconteceu no último ano de Tiago Potter (João Pedro Novaes) e Lilian Evans (Bella Russo) na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts.

Na trama, Tiago Potter e os amigos Sirius Black, Remo Lupin e Pedro Pettigrew precisam decidir o que farão na vida adulta, enquanto sobrevivem ao período da Primeira Guerra Bruxa.

E aí, já decidiu qual websérie vai assistir primeiro no YouTube? Acompanhe o Agenda Sorocaba e fique por dentro de mais novidades sobre cultura e entretenimento!

ir para o topo

Enviar