Região de Sorocaba avança à fase verde do Plano São Paulo

Novas medidas serão validas a partir do dia 10/10

09/10/2020
Foto: Agenda Sorocaba
Texto de Isabela Dantas

Anunciado na tarde desta sexta-feira (09) pelo governador do Estado, João Doria, após 28 dias de estabilidade na fase amarela, a região de Sorocaba avança à fase verde do Plano São Paulo.

A atualização no Plano São Paulo é valida para as 48 cidades do Departamento Regional de Saúde (DRS) de Sorocaba, a partir do dia 10/10, sábado.

76 % do Estado está na fase verde

Assim, as flexibilizações voltam a acontecer em diversos setores comerciais, além, agora, do setor cultural, como eventos, convenções sociais e atividades culturais com o público em pé. Confira:

• Shoppings, comércio, serviços, salões de beleza, academias e galerias podem funcionar com 60% da capacidade, por até 12 horas por dia.

• Restaurantes e bares podem funcionar com 60% da capacidade, com até 12 horas de funcionamento, sendo após 6h e antes das 22h. Os clientes podem permanecer no local até às 23h para o término do consumo.

• Eventos, convenções culturais e atividades culturais serão liberados após 28 dias de permanência da cidade na fase verde. As atividades contarão com capacidade limitada de 60%, o público poderá ficar em pé com distanciamento de 1,5m, o uso de máscara continuará obrigatório e haverá controle de acesso e adoção de protocolos para o setor.

Todos os setores devem continuar adotando as medidas especiais visando à proteção de idosos, gestantes e pessoas com doenças crônicas ou imunodeprimidas, seguindo as recomendações do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde. O novo decreto municipal deve ser publicado ainda nesta sexta-feira (9) no Jornal do Município.

Atividades proibidas

Mesmo com a fase verde, em Sorocaba continua proibido atividades que gerem aglomeração, tais como festas, baladas, torcidas em estádio e grandes shows com público em pé.

Conscientização

A SES alerta que a pandemia não acabou e o vírus continua sendo transmitido. A secretaria conta com a conscientização da população para obedecer às medidas preventivas de combate à Covid-19. Todo aumento de ocupação de leitos é preocupante, pois há a possibilidade de causar um colapso no sistema público e particular de Saúde.

Conforme o avanço das fases do Plano São Paulo, a tendência da queda do isolamento social torna-se natural. Ou seja, com essa nova fase os estabelecimentos ficam autorizados a funcionar por mais tempo e isso faz com que mais pessoas saiam às ruas. E se as pessoas não praticarem as medidas preventivas, a transmissão do vírus pode crescer na cidade. Por isso é importante o uso de máscara, álcool em gel e o distanciamento social.


A cidade estava na fase amarela desde o dia 7 de agosto e mesmo com as novas alterações continua proibido atividades que gerem aglomerações.

ir para o topo

Enviar