Cantora troca serenata virtual por cestas básicas para a Associação Transgêneros de Sorocaba

Campanha acontece até esta quarta-feira, 11 de novembro

09/11/2020
Foto: Reprodução Facebook
Texto de Carol Fernandes

Dando voz às declarações de amor, a cantora e compositora Flor Maria troca serenata virtual por cestas básicas que serão doadas para a Associação Transgêneros de Sorocaba (ATS). A campanha segue até esta quarta-feira (11), pelo perfil da artista no Facebook.

O participante escolhe uma música que gostaria que Flor Maria cantasse para alguém e, então, a artista grava um vídeo interpretando a canção e envia para a pessoa homenageada. “Acho que nesses tempos tão difíceis é importante celebrar o amor. Mandar uma música como serenata é uma forma muito bonita!”, afirma a cantora.

A inspiração para fazer a serenata virtual, de acordo com Flor, veio da cantora e compositora Paula Cavalciuk, que promoveu em junho deste ano o “Correio Elegante Musical”. Já a ideia de trocar o próprio trabalho pelas cestas básicas surgiu a partir do grupo Escambo Sorocaba, no qual participa ativamente.

“Eu queria ajudar a ATS, porque a ATS já me ajudou muito! Meu primeiro psicólogo, que eu comecei no ano retrasado, foi lá na ATS. Fiz acompanhamento com ele totalmente de graça”, explica Flor.

Podem participar da campanha pessoas de Sorocaba e também de outras cidades. Os participantes têm a opção de comprar a cesta básica e entregar na casa de Flor Maria ou transferir em dinheiro no valor de R$ 90,00.

Afeto em vídeo

Contente com a repercussão da campanha, em que já arrecadou mais de dez cestas básicas, Flor Maria tem vivenciado comemorações de namoro e, inclusive, o início de uma reaproximação entre mãe e filha. O pedido, considerado o mais marcante pela cantora, foi feito por uma mãe que não conversa com a filha há meses porque estão brigadas.

“Quando ela [a mãe] contou assim, nossa, eu já comecei a chorar. E para gravar o vídeo também foram várias tentativas, porque eu sempre começava a chorar. Mas é bonito isso né, fazer parte talvez de uma reconciliação”, conta Flor Maria.

Após o fim da campanha em prol da ATS, a cantora pretende dar continuidade às serenatas virtuais, mas de forma diferente. “Estou pensando em fazer isso uma vez por mês, pelo menos. Para ajudar não só a ATS, mas outros lugares também que eu apoio”, comenta.

A Associação Transgênero de Sorocaba (ATS) atende pessoas transexuais e travestis em situação de vulnerabilidade social. Assim, desenvolve programas de auxílio, como a arrecadação e distribuição de alimentos e atendimento psicológico. Para mais informações, acesse o site.


ir para o topo

Enviar