menu search

TuristandoItu sedia 1ª Feira Literária e Cultural de 19 a 22 de maio

Foto: Prefeitura da Estância Turística de Itu
Publicado em às

De 19 a 22 de maio, a Feira Literária e Cultural de Itu (FLIC) ocupará a Praça da Independência (praça do Carmo), o Museu de Energia e o Colégio Anglo com conversas com escritores, feira de livros, exposições, contação de estórias, oficinas, teatro, cinema, fotografia, música e várias outras atrações para todos os gostos e idades.  Todos os eventos são gratuitos e abertos ao público.

A primeira edição do Festival se remete à “Semana de Arte Moderna de 1922” e traz como personalidade homenageada Pagu, apelido pelo qual era conhecida Patrícia Rehder Galvão, que teve importante papel no movimento Antropofágico pós-semana de Arte Moderna ao lado de Tarsila do Amaral e Oswald de Andrade.

Confira a programação:


19/5 – quinta

A abertura oficial do evento será às 19h, na Praça do Carmo e contará com nomes do cenário nacional como José Renato Nalini (ex-secretário estadual da Educação e presidente da Academia Paulista de Letras), João Scortecci (presidente da Associação Brasileira da Indústria Gráfica), autoridades municipais e representantes da Academia Ituana de Letras (ACADIL).

Na ocasião, a professora e ex-Presidente da Acadil, Maria Angela Mangeon Elias, falará sobre Pagu e lançará sua biografia escrita pelo jornalista e escritor Rodrigo Stucchi. A noite será ainda marcada pelo show performático da escritora, slammer e poeta paulistana Mel Duarte, autora de livros como “Fragmentos Dispersos” (2013), “Querem nos calar: Poemas para serem lidos em voz alta” (2019, Editora Planeta), “Colmeia: Poemas reunidos” (2021, Editora Philos), entre outros.

Já o Museu de Energia (rua Paula Souza, 669, Centro), estará aberto ao público até sábado (21/5) com exposições fotográficas, mostra de artistas plásticos e de cinema – todos tendo como temática central “os invisibilizados”, ou seja, aqueles que passam invisíveis pela sociedade.


20/5 – sexta

Programação especial para crianças e adolescentes, a FLICkinha: Na Tenda Literária haverá apresentação de mesas que abordarão temas como o mundo infantil e a literatura, a presença da Semana de 22 nesse universo, agenciamento literário e a importância dos personagens no desenvolvimento infanto-juvenil. Paralelamente, na Tenda Mista, ocorrerão discussões sobre bullying, contação de estórias, oficinas, jogos e palhaçaria.

Também na Tenda Literária, às 19h, os escritores Eduardo Suplicy, Mayra Sigwalt e Caco Pontes falarão sobre “Territórios em 2022: espaços na escrita e fora dela que precisamos ocupar”. O grande destaque da noite será o lançamento do livro “Um jeito de fazer política”, de Eduardo Suplicy.


21/5 – sábado

Às 9 horas, tem roda de conversa sobre Misticismo e folclore com os escritores Eduardo RegisAnderson Martins e Paulo Stucchi. Logo em seguida, às 10h, a Tenda Mista será o palco de apresentação dos alunos de capoeira do Projeto Girassol, da Vila da Paz, seguido pela Folia de Reis do grupo Estrela do Oriente.

As escritoras Ana Squilanti, Mônica Malcher e Jéssica Balbino abordam o tema “Meu corpo, minha escrita, minha semana: nosso 22” às 11h.  Os modernistas e a importância de reescrever e compreender nossa própria história estarão presentes na Tenda Literária durante todo sábado.

Enquanto isso, na Tenda Mista o público conhecerá mais sobre os costumes mexicanos e ainda participará de uma oficina sobre criação de PET poemas com a escritora campineira Katia Sentinaro. Além disso, terá a oportunidade de acompanhar um bate-papo com um sobrevivente do Holocausto e acompanhar o hip-hop de Felipe Dezena e Vini Alceu.

A FLIC ocupará também o Centro Ituano de Letras e Artes (CILA) com uma oficina de teatro para crianças e adolescentes com o grupo Barracão Cultural, às 15h. Essa é a única atividade do Festival que precisa de inscrição prévia pelo e-mail barracaoculturalitu@gmail.com ou para comunicacao@vempraflic.com.br.

No sábado, a Feira de Livros – que  será realizada na quadra poliesportiva do Colégio Anglo (ao lado dos Correios) durante toda a FLIC recebendo escritores para autografar seus livros – terá uma programação especial às 15h, com a sessão de autógrafos e lançamento simultâneo de cinco livros: Alexandre Ribeiro (Reservado); Dionísio Moreno (Sangue na ratoeira e outros contos); Katia Sentinaro (Um gato diferente); Paulo Stucchi (Um de nós foi feliz); Raquel Aranha (A Heroína Mascarada) e Valkiria Cecconello ( A Cidade dos Livros).

A Tenda Literária encerra sua programação do dia com o premiado jornalista, cronista e escritor gastronômico Dias Lopes e a escritora Carolina Casarin abordando sobre os costumes, gastronomia e a vida pessoal dos modernistas.


22/5 – domingo

A FLIC terá apresentação de MPB e bate-papo sobre Diversidade na Tenda Mista, enquanto a Tenda Literária trará temas como a importância da leitura de obras escritas por mulheres, uma reflexão sobre 1922 e 2022 e como os memes são ferramentas para a militância.

O encerramento oficial da 1ª FLIC será às 16h, com o Show Antropofágicos com a cantora Marcia Mah e os músicos Luiz Anthony (violoncelo e bandolim) e Zé Marcos (violão) na Tenda Literária.


Para saber mais sobre a FLIC e sua programação siga o perfil oficial no Instagram e acesse o site vempraflic.com.br.