Terminais e rodoviária são desinfetados diariamente para evitar disseminação do coronavírus

12/05/2020
Foto: SECOM Sorocaba

Todas as noites os terminais Santo Antonio e São Paulo e a Rodoviária de Sorocaba passam por um processo de desinfecção contra o coronavírus.
Também são contempladas pela limpeza as seis áreas de transferência da cidade.

Solicitado pela Urbes – Trânsito e Transportes e realizado pela Secretaria de Serviços Públicos e Obras (Serpo) e pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Sorocaba o serviço concentra-se em desinfetar áreas externas de espaços públicos e unidades de urgência e emergência com grande circulação diária de pessoas.

Realizado durante a madrugada, período em que os terminais e a rodoviária estão vazios, o trabalho envolve equipes treinadas que aplicam uma solução à base de água e hipoclorito. Para isso, é utilizado um caminhão, que atua na aspersão da solução em áreas externas. O caminhão é  equipado com mangueiras com jatos de alta pressão que permitem que o trabalho feito em uma área grande seja agilizado.

Na operação de limpeza, os funcionários da Serpo utilizam pulverizadores costais que permitem que a solução de hipoclorito possa ser aplicada nos gradis, catracas, guichês, postes internos de sinalização e outros espaços dos terminais e rodoviária, espaços em que as pessoas tocam com frequência.

De acordo com a Urbes, essas medidas são tomadas a fim de diminuir a propagação do coronavírus pois, mesmo com a circulação diminuída de pessoas nos espaços públicos do transporte coletivo por conta do isolamento social, ainda há passageiros que precisam se deslocar por trabalharem em setores emergenciais.

 

Fonte: SECOM Sorocaba

ir para o topo

Enviar