Especialista em emagrecimento dá dicas para manter hábitos saudáveis

21/05/2020
Foto: Divulgação

Manter hábitos saudáveis é um desafio na vida de qualquer pessoa, principalmente na busca por melhor qualidade de vida neste período de isolamento social, por conta da pandemia do novo Coronavírus, quando as possibilidades para mudanças são restritas. Contudo é possível manter  bons hábitos sem ficar preso a restrições alimentares.

A psicóloga e especialista em emagrecimento, Aline Del Rio, explica que o primeiro passo é fazer um planejamento, criando e insistindo em uma rotina. “Para se criar novos hábitos, levamos no mínimo 21 dias seguidos, tendo novas atitudes. Deslizou, volta. Sempre insistir para que, realmente, isso se torne um hábito no dia a dia”, comenta.

Ela ressalta, ainda, que as mudanças fundamentais ocorrem com organização, conhecendo os horários corretos das refeições, planejando-se para saber o que comer, comprar e preparar. “É preciso criar o hábito de tomar líquidos, principalmente água, colocando na rotina exercício físico, nem que seja dia sim, dia não. Precisamos também comer comida de verdade”, orienta, chamando a atenção para a possibilidade de se comer bem, fazendo substituições.

“O prejudicial é todo dia ter alimentação não saudável e, de vez em quando, comer algo de verdade. Em vez de comprar a latinha de molho de tomate, faz o molho caseiro. Pequenas trocas ajudam muito a desinflamar o corpo, fazendo com que nutrientes sejam retidos, assim como sais minerais.”

Uma boa noite de sono é fundamental para a qualidade de vida. Por isso, Aline destaca a necessidade de a pessoa se desligar dos aparelhos eletrônicos antes de dormir.

De acordo com especialista, toda mudança deve ser feita aos poucos | Foto: Ilustrativa

 

A especialista enfatiza o atual momento pelo qual o mundo está passando, de luta contra o novo Coronavírus. “Na quarentena, muitos sentimentos estão envolvidos, com pessoas ansiosas, estressadas, até mesmo pela insegurança do que vai vir”, comenta. Em meio a tudo isso, a tendência é de que a pessoa parta para o consumo de alimentos em excesso, tendo fome emocional. “Muitas pessoas estão saindo de suas rotinas e acabam comendo mais, principalmente muito carboidrato, que é o que dá o primeiro pico de prazer que o nosso corpo sente.”

Qualquer mudança de rotina tem de ser feita aos poucos. “Devemos manter um equilíbrio e se adaptar. Não podemos colocar metas grandes, mas pequenas, que consigamos alcançar, para não desistir. Um pouco de cada vez e mantendo o que fez na semana anterior”, orienta.

Confira algumas dicas para manter hábitos saudáveis na quarentena

– Fazer um planejamento é fundamental para a organização, com horários das refeições e trabalhos;

– O sono é importante porque produz hormônios que ajudam a pessoa no dia a dia, assim como a higiene do sono, com quarto escuro, sem celular e televisão;

– A pessoa deve evitar líquidos antes de dormir para diminuir a probabilidade de acordar durante a noite;

– Ingerir líquidos, principalmente água; chás naturais, café e bebidas que não têm calorias são bem-vindas. Para saber a quantidade exata de água que o corpo precisa, a pessoa deve calcular o peso x 35 ml;

– Substituições simples podem ser feitas, como trocar a farinha branca pela integral, assim como mudar os industrializados pelos vegetais, dando para o corpo nutrientes diferentes durante o dia;

– O açúcar pode dar lugar a adoçantes e, até mesmo, para o açúcar de coco, que tem índice glicêmico baixo;

– A pessoa pode inserir na alimentação também os temperos naturais, como sal marinho e sal do Himalaia, com menos sódio;

– O leite de vaca pode ser substituído pelos vegetais, de amêndoa, de coco ou aveia;

– Usar azeite extra virgem na salada, fonte de gordura boa, é uma opção;

– Optar por frutas in natura, variando nos tipos.

 

Fonte: Desenvolve Comunicações

ir para o topo

Enviar