Outback usa seu perfil oficial no Instagram para dar visibilidade ao trabalho de pequenos empreendedores

Restaurante promete ser uma vitrine para trabalhos de artesãos de todo o país

29/09/2020
Foto: Divulgação | Ricardo Lima

“Incentive o pequeno negócio.” Essa tem sido uma das frases mais comentadas desde o início da pandemia, isso porque esse foi um dos setores mais atingidos pela crise. Muitos produtores só estão conseguindo manter seus negócios funcionando graças à ajuda de grandes empresas e atento a esse cenário, o Outback anuncia o lançamento do projeto “Conheça Quem Faz”.

Dando continuidade aos incentivos que vem realizando desde o início do ano, a marca inicia a divulgação do trabalho de profissionais que, literalmente, colocam a mão na massa, através das suas redes sociais.

Segundo o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o Brasil conta com 17,7 milhões empreendimentos de pequeno porte e desse número, pelo menos 13 milhões já foram fortemente impactados.

A ideia do Outback é que através do @OutbackBrasil, perfil oficial da rede de restaurantes no Instagram, os trabalhos dos pequenos produtores ganhem visibilidade e sejam valorizados. As artes são feitas à mão e utilizam materiais que variam desde cerâmica até madeira, em diferentes peças, como pratos a tábuas e serão utilizadas nos editoriais de fotos de pratos do Outback, que serão publicadas nas redes.

Essa não é a primeira vez que o Outback contribui para ajudar comércios locais. Só em abril deste ano, a marca ajudou 81 mercadinhos de bairro localizados na cidade de São Paulo, que receberam 13,6 mil unidades do exclusivo ovo de chocolate, o Outback Duo Thunder.

Os estabelecimentos revenderam os produtos em seus estabelecimentos e puderam superar o cenário restritivo, gerando fluxo em seus caixas. A rede de restaurantes também fez doações para três grandes hospitais do estado de São Paulo, presenteando profissionais de saúde que estão arriscando suas vidas na linha de frente, além de ajudar instituições e comunidades carentes.


ir para o topo

Enviar