Adote um gato do Cemitério da Saudade de Sorocaba

Ong Anjos e Protetores de Sorocaba tenta doar e achar uma solução para os mais de 100 gatos que vivem no cemitério

Cultura
25/09/2020
Foto: Divulgação | MiAka

Como muitos já sabem, mais de 100 gatos vivem no Cemitério da Saudade de Sorocaba, e todos os dias Simone Belém cuida deles há 3 anos, mas ela precisa de ajuda. Assim, a ONG Associação Anjos e Protetores de Sorocaba resolveu ajudar na doação dos gatos.

Eliane Consorte, presidente da ONG, resolveu resgatar, castrar e dar lar temporário para os gatos mais mansos. Ela conta que foram castrados 6 gatos e doados 10 dos que acolheu em sua casa. Como a Anjos e Protetores não dispõe de abrigo e nem de sede física, os animais resgatados dependem de lar temporário. Por isso o trabalho é lento, pois é preciso doar os que foram resgatados para poder abrigar outros, e o fato de serem adultos dificulta o processo de doação, pois muitas pessoas preferem adotar gatos filhotes. Ela pede para que as pessoas ajudem os gatos adultos, abrindo o coração e dando a oportunidade para que eles também tenham um lar. Além disso, a presidente da ONG acrescenta dizendo que todo gato merece uma chance de ter uma vida melhor.

 

Mas existem muitos gatos que são ariscos e bravos, esses dificilmente vão conseguir um lar. A ONG junto com o poder público, o Bem Estar Animal, estão propondo uma solução de doar esses gatos mais ariscos para pessoas que morem em chácara, sítios ou lugares abertos com mais espaço, para que os gatos vivam soltos, mas que tenham um abrigo da chuva e do frio, e que alguém possam alimentá-los todos os dias.

Se alguém se dispor em cuidar dos mais bravos cedendo um local para que possam viver com conforto, pode entrar em contato com a ONG Associação Anjos e Protetores de Sorocaba pelo Facebook (https://www.facebook.com/anjoseeprotetores) ou direto com a Eliane pelo Whatsapp (15) 99658-1361. Os interessados em adotar um gato também podem entrar em contato com a ONG.

Enquanto a situação dos gatos não se resolve, a Simone continua cuidando deles todos os dias no cemitério e pede para que as pessoas continuem ajudando. Os interessados em ajudar podem estar doando ração, dinheiro para as despesas com veterinários, remédios, exames e para compra de ração e também dando lar temporário ou até adotando um gato, principalmente os adultos. Para entrar em contato com a Simone é só mandar mensagem direto para o seu Facebook (https://www.facebook.com/simonembelem).


ir para o topo

Enviar