Destaque nas telonas: conheça os lados da Guerra Civil

02/05/2016

Capitão América: Guerra Civil chega às salas de cinema de Sorocaba nesta semana. O terceiro filme do herói apresenta Steve Rogers liderando uma nova equipe de Vingadores. As consequências dos ataques de Ultron fazem com que os políticos busquem algum meio de controlar os super-heróis, já que seus atos afetam toda a humanidade. Tal decisão coloca o Capitão América em rota de colisão com Tony Stark, o Homem de Ferro.

Guerra Civil marca o início de uma nova fase para Marvel nos cinemas. Após doze filmes e um universo estabelecido, a empresa parte para projetos ambiciosos, introduzindo novos personagens e adaptando grandes sagas dos quadrinhos.

O título é inspirado em uma minissérie de 2006, que mostra uma divisão na linha de pensamento dos heróis graças a imposição de uma lei de registro para super-humanos, que os transforma em agentes do governo e impede o uso de máscaras. A trama sofreu algumas adaptações para o cinema, apresentando um enredo mais simples que alinha a aventura aos filmes anteriores. Conheça abaixo os motivos que alimentam a disputa entre os heróis:

Capitão América

filme-guerra-civil-homem-de-ferro-agenda-blog

Cena do filme “Capitão América: Guerra Civil” / Reprodução

Um Soldado da Liberdade
Quando criado, em 1940, o Capitão América representava um ícone de liberdade para os Estados Unidos. Todos os seus ideais estão relacionados a proteção das minorias. Ao colocar-se contra a lei de registro, o herói levanta um importante questionamento sobre: o quanto estamos dispostos a sacrificar dessa liberdade em nome da justiça?
Para ele, o controle dos super-heróis pelo governo é algo muito perigoso, pois suas habilidades podem ser utilizadas para interesses que não acolham de fato a população. Afinal, seria justo um único país comandar as maiores armas do mundo?

O Registro é o primeiro passo para uma segregação
Outro resquício das histórias do herói durante a Segunda Guerra, a ideia de registro remete a separação dos indivíduos, levantando outra discussão dos quadrinhos: Seriam os heróis diferentes das outras pessoas? Uma classe superior?

A Máscara garante a segurança do herói
Como o governo pode garantir que os dados dos super-humanos serão mantidos em sigilo? Ao esconder seus rostos, os heróis não garantem apenas a sua segurança, mas a dos seus entes queridos. Nos quadrinhos, um importante personagem é incentivado a revelar sua identidade em um programa de televisão, o que resulta em consequências desastrosas para sua família.

A S.H.I.E.L.D já foi infiltrada pela HIDRA
Como visto em Capitão América 2: O Soldado Invernal, até mesmo a maior organização do mundo já sofreu invasões. A HIDRA, clássica organização terrorista que antagoniza o herói tem agentes espalhados por todo o mundo e esteve envolvida em quase todos os desastres dos outros filmes. A lei de registros pode ser mais uma estratégia para desestabilizarem os heróis e garantir o controle da nação.

Homem de Ferro

filme-guerra-civil-homem-de-ferro-agenda-blog

Cena do filme “Capitão América: Guerra Civil” / Reprodução

Em busca da redenção
Robert Downey Jr pode ser um dos atores mais carismáticos do mundo, sua interpretação para Tony Stark transformou o personagem em um dos mais famosos heróis da atualidade, mas a verdade é que o passado do Homem de Ferro é negro. Como visto no primeiro filme do herói, a família de Tony Stark enriqueceu graças a indústria bélica, vendendo armas até para inimigos dos Estados Unidos. Se isso não fosse o bastante, o herói ainda se sente culpado pela criação de Ultron, pois graças a sua ganância, uma cidade inteira foi destruída. O apoio ao governo é uma esperança para consertar as coisas.

Um homem da lei
Tony Stark acredita que ao registrar a atividade dos heróis, o governo não terá apenas controle dos incidentes, mas dará condições para que o combate ao crime. Se supervisionados, os super-heróis podem ser mais eficientes, com treinamento e suporte adequado.

Os heróis devem prestar contas
Um policial combate ao crime registrado, um advogado atua na justiça registrado, logo, super-heróis deverão fazer o mesmo. O fato de terem poderes não dá o direito para vestirem máscaras e aplicar a justiça com as próprias mãos. Para Tony Stark, os heróis têm um compromisso com o povo e devem arcar com as consequências de seus atos. Esse argumento que o levará em busca do Soldado Invernal, fato que acirrará a contenda com o Capitão.

A descoberta de Novos heróis!
Durante o filme, Stark financiará um projeto de apoio a novos heróis, resultando na descoberta de um velho conhecido do público, o Homem-Aranha! Após uma longa negociação, o personagem volta a fazer parte do mesmo universo dos heróis. Além da reestreia, a Marvel já garantiu um filme solo para 2018, com um título bem sugestivo: “De Volta ao Lar”.

filme-guerra-civil-homem-aranha-agenda-blog

A grande aparição do Homem-Aranha / Reprodução

E você, já escolheu seu lado? Capitão América Soldado Invernal está disponível em 19 salas de cinema da cidade, com cópias dubladas e legendadas!

>> Veja os horários dos cinemas no portal Agenda Sorocaba

Confira o trailer:

ir para o topo

Enviar