As primeiras impressões da nova Arena Sorocaba

17/10/2016

Por Felipe Carvajal

Muitos atrasos e mais de três anos após o início da construção, enfim aconteceu no sábado (08/10) a inauguração oficial da Arena Multiuso Eurydes Bertoni Júnior (Arena Sorocaba) com um jogo da Magnus Futsal, válido pelas oitavas-de- finais da Liga Nacional de Futsal (LNF).

Como foi a inauguração

Ótimo público acompanhou o jogo na Arena / Foto: Felipe Carvajal

Ótimo público acompanhou o jogo na Arena / Foto: Felipe Carvajal

Contrariando o que julgo ser o ideal em dias de jogo, me organizei para chegar apenas 30 minutos antes da partida (que estava marcada para às 13h), porém, acabei chegando da Arena Sorocaba somente às 12h40, e para a minha surpresa (ou não), logo parei no trânsito que estava embaixo da Rodovia Raposo Tavares, e, dali até eu conseguir estacionar o meu carro em cima de um canteiro de terra foram 15 minutos. Pois é, eu também fiquei me perguntando aonde estariam aquelas 350 vagas ditas pela Prefeitura.

Excesso de carros causou trânsito nas redondezas / Foto: Felipe Carvajal

Excesso de carros causou trânsito nas redondezas / Foto: Felipe Carvajal

Em seguida, de imediato fui procurar a entrada da Arquibancada Leste, da qual era o meu ingresso, mas fui informado de que as entradas eram todas pelo mesmo local. Chegando então ao portão de entrada, me deparo com duas grandes filas, mas que fluíram de forma rápida e sem transtornos.

Consegui pisar dentro da Arena antes do início da partida, mas após o hino nacional e as apresentações dos elencos.

A festa da torcida / Foto: Felipe Carvajal

A festa da torcida / Foto: Felipe Carvajal

Enquanto a partida se iniciava, resolvi dar uma volta na Arena para conhecer as arquibancadas e identificar o melhor local para eu assistir à partida (já que vi que o local demarcado no ingresso também não era seguido). Foi fácil encontrar um bom lugar, já que são poucos os que eu considero ruim ou com “ponto cego”.

Já no intervalo do primeiro tempo, enquanto o animador de torcida e o mascote da Magnus Futsal interagiam com a torcida, eu fui em busca de um banheiro e de saciar a minha sede.

A vez do mascote / Foto: Felipe Carvajal

A vez do mascote / Foto: Felipe Carvajal

Chegando ao banheiro, apesar da boa estrutura, o mesmo já estava sujo, com os lixos lotados (já que em toda a arena eu encontrei pouquíssimos lixos) e sem suporte de papel, sem contar que não avistei ninguém que fizesse a limpeza dos mesmos.

Depois, me dirigi à um dos dois bares existentes e pude escolher dentre uma grande opção de produtos como: água, batata chips, pipoca doce, pipoca salgada, salgado e cerveja. Sim, estava vendendo cerveja com álcool, e apesar de considerar isso positivo, fico curioso ao ver como o sorocabano e as autoridades lidarão com isso já que a Arena fica à beira de uma rodovia.

Enquanto o segundo tempo ainda não retornava, comecei a prestar atenção na imprensa (uma vez que o jogo estava sendo transmitido pelo SporTv) que estava em mesas de plástico, no local que a Prefeitura de Sorocaba diz ser o palco para shows.

Além de estranho, achei a estrutura fornecida para a imprensa precária e muito inapropriada por parte de uma arena construída em pleno ano de 2016. Lembro que os principais times que usarão a Arena Sorocaba disputam os principais campeonatos nacionais das suas modalidades com jogos constantemente transmitidos ao vivo.

Estrutura fornecida para a imprensa / Foto: Felipe Carvajal

Estrutura fornecida para a imprensa / Foto: Felipe Carvajal

Cm o término da partida, a saída dos torcedores estava fluindo muito bem e tranquila. Do lado de fora da arena, me deparei com bastante lixo no chão (o que era esperado).

Andando em direção ao meu carro, avistei apenas dois ônibus do transporte público, o que poderia parecer pouco, mas, no final era até exagerado, uma vez que somente 10 pessoas estavam dentro deles.

E analisando a situação, talvez tenha feito sentido neste momento a dificuldade que encontrei ao estacionar meu carro, pois, ficou claro que ninguém usou transporte público para ir até a arena uma vez que ela é afastada dos grandes centros.

No final das contas, as voltas que dei ao chegar na Arena procurando vaga para estacionar foram benéficas na saída, pois, novamente havia um trânsito enorme de carro, mas eu já estava na mão correta para sair do estacionamento, e mesmo assim demorei cerca de 25 minutos para conseguir sair.

Análise geral da experiência

Com o jogo próximo ao meio dia, o clima em Sorocaba era bem quente, mas dentro da Arena estava bem agradável. Aliás, falando em clima, esta foi uma das melhores experiências que vivenciei num evento esportivo.

A bateria oficial, o mascote, a distribuição de “batuques” e o animador de torcida garantiram a festa.

Fachada da Arena Sorocaba / Foto: Felipe Carvajal

Fachada da Arena Sorocaba / Foto: Felipe Carvajal

Com tudo isso, na minha opinião, os jogos na Arena Sorocaba logo se tornarão um dos principais atrativos para os passeios em famílias – e isso que já haviam muitas delas no jogo. Mesmo lotado, a segurança, liberdade, proximidade com os atletas e locomoção dentro da arena estavam garantidas.

Resumindo, a experiência de ver um jogo na Arena Sorocaba, mesmo com os problemas para o torcedor (pouco lixo, falta de vagas, limpeza do banheiro e fechamento dos bares antes do fim da partida) foi excepcional, e recomendo a todas as famílias de Sorocaba e região.

Agora, não posso deixar de comentar também as lacunas da Arena Sorocaba na questão de ser “multiuso” (pra mim esta mais para um ginásio).

Sendo denominada multiuso, a arena deveria estar embasada no entretenimento, que vai muito além de apenas receber jogos como são os ginásios, mas deveria estar apta para ser um excelente local para shows, festas, teatros, apresentações, feiras e etc.

Porém, como destaquei anteriormente, algumas coisas importantes faltam na Arena Sorocaba: ausência de cabine de imprensa, ausência de camarotes, liberação do wi-fi (pois haviam 3 redes fechadas e me disseram que não seria cedido a senha), melhor organização de vagas e arquibancada sem a possibilidade de divisão.

E ainda temos outros dois outros pontos importantes para a execução de um evento: boa utilização da quadra como “plateia” (o que se torna difícil já que as grades que separam a quadra da arquibancada são fixas) e “despreocupação” com o entorno (já imaginaram como seria um show ao lado de um Hospital Regional?).

Sobre o jogo

Magnus Futsal / Foto: divulgação

Magnus Futsal / Foto: divulgação

Eu não fiquei só observando a Arena Sorocaba e vi o jogo também, que por sinal, foi um jogão!

Após um primeiro tempo disputado e que terminou em 0 a 0, a Magnus Futsal voltou com tudo no segundo tempo e fez 4 a 0 em cima do Jaraguá (ex-time do jogador Falcão).

ir para o topo

Enviar